Confira agora mesmo 5 dicas para ter orquídeas com raízes

[]
= 728 ) betterads_el_width = [“728”, “90”]; else if ( betterads_el_width >= 468 ) betterads_el_width = [“468”, “60”]; else if ( betterads_el_width >= 336 ) betterads_el_width = [“336”, “280”]; else if ( betterads_el_width >= 300 ) betterads_el_width = [“300”, “250”]; else if ( betterads_el_width >= 250 ) betterads_el_width = [“250”, “250”]; else if ( betterads_el_width >= 200 ) betterads_el_width = [“200”, “200”]; else if ( betterads_el_width >= 180 ) betterads_el_width = [“180”, “150”]; if ( betterads_screen_width >= 1140 ) { document.getElementById(‘recnbzljq-240-1168582051-place’).innerHTML = ”; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}else if ( betterads_screen_width >= 1019 && betterads_screen_width < 1140 ) { document.getElementById('recnbzljq-240-1168582051-place').innerHTML = ''; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}else if ( betterads_screen_width >= 768 && betterads_screen_width < 1019 ) { document.getElementById('recnbzljq-240-1168582051-place').innerHTML = ''; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}else if ( betterads_screen_width < 768 ) { document.getElementById('recnbzljq-240-1168582051-place').innerHTML = ''; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}]]>

Orquídeas são plantas lindas, versáteis e uma verdadeira paixão nacional. Suas flores embelezam qualquer ambiente e elas são fáceis de cuidar, ao contrário do que muita gente imagina. Tendo isso em vista, o Blog Horta, Jardim & Cia do Folha Go preparou hoje, domingo, 21 de novembro de 2021, as dicas para ter orquídeas com raízes abundantes.

5 dicas para ter orquídeas com raízes abundantes

= 728 ) betterads_el_width = [“728”, “90”]; else if ( betterads_el_width >= 468 ) betterads_el_width = [“468”, “60”]; else if ( betterads_el_width >= 336 ) betterads_el_width = [“336”, “280”]; else if ( betterads_el_width >= 300 ) betterads_el_width = [“300”, “250”]; else if ( betterads_el_width >= 250 ) betterads_el_width = [“250”, “250”]; else if ( betterads_el_width >= 200 ) betterads_el_width = [“200”, “200”]; else if ( betterads_el_width >= 180 ) betterads_el_width = [“180”, “150”]; if ( betterads_screen_width >= 1140 ) { document.getElementById(‘recnbzljq-240-1938290469-place’).innerHTML = ”; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}else if ( betterads_screen_width >= 1019 && betterads_screen_width < 1140 ) { document.getElementById('recnbzljq-240-1938290469-place').innerHTML = ''; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}else if ( betterads_screen_width >= 768 && betterads_screen_width < 1019 ) { document.getElementById('recnbzljq-240-1938290469-place').innerHTML = ''; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}else if ( betterads_screen_width < 768 ) { document.getElementById('recnbzljq-240-1938290469-place').innerHTML = ''; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}]]>

As raízes são partes essenciais de qualquer planta. Caso elas não estejam saudáveis, a planta inteira é prejudicada. No caso das orquídeas, as raízes desempenham um papel ainda mais importante. Por isso, veja como cuidar dessa planta querida.

Impossível não se admirar com uma orquídea adulta, cheia de flores com belas cores e formatos. Essa beleza se deve, em grande parte à saúde das raízes que são responsáveis pela fixação da planta e também por mais de 70% da captação de nutrientes.

As raízes da orquídea têm uma particularidade que difere de outras plantas: elas crescem e evoluem mais; ou seja, em maior quantidade. Isso é uma característica que foi desenvolvida para que a planta pudesse crescer e e se adaptar em locais diversos.

Assim sendo, se você tem orquídeas em casa ou pretende cultivar alguns exemplares, fique por dentro de 5 dicas para ter orquídeas com raízes abundantes.

1. Cuidado com a quantidade de regas

Raízes crescentes ficam pálidas e quando recebem muita água ficando sempre úmidas, elas têm mais chances de apodrecerem.

Além disso, a umidade a longo prazo dificulta o crescimento e abundância das raízes. Por isso, para que as raízes se desenvolvam como deve, é importante que o substrato possua um mecanismo de secagem, bem como o solo deve ser bem drenado.

Leia também: Como fazer rosas durarem mais depois de colhidas? Confira dicas práticas

2. Adubação é mais do que importante

Confira agora mesmo 5 dicas para ter orquídeas com raízes abundantes! É imperdível; vejaConfira agora mesmo 5 dicas para ter orquídeas com raízes abundantes! É imperdível; veja – Imagem: Canva Pro

Para ter sucesso com o cultivo de orquídeas, é mais do que importante saber como cuidar das raízes, uma vez que são elas as responsáveis por nutrir as plantas.

Uma orquídea com muitas raízes vai se desenvolver melhor, pois a planta terá uma capacidade maior para se alimentar.

Portanto, um ponto fundamental para o crescimento e disponibilidade para o nascimento de novas raízes é a adubação.

= 728 ) betterads_el_width = [“728”, “90”]; else if ( betterads_el_width >= 468 ) betterads_el_width = [“468”, “60”]; else if ( betterads_el_width >= 336 ) betterads_el_width = [“336”, “280”]; else if ( betterads_el_width >= 300 ) betterads_el_width = [“300”, “250”]; else if ( betterads_el_width >= 250 ) betterads_el_width = [“250”, “250”]; else if ( betterads_el_width >= 200 ) betterads_el_width = [“200”, “200”]; else if ( betterads_el_width >= 180 ) betterads_el_width = [“180”, “150”]; if ( betterads_screen_width >= 1140 ) { document.getElementById(‘recnbzljq-240-569301969-place’).innerHTML = ”; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}else if ( betterads_screen_width >= 1019 && betterads_screen_width < 1140 ) { document.getElementById('recnbzljq-240-569301969-place').innerHTML = ''; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}else if ( betterads_screen_width >= 768 && betterads_screen_width < 1019 ) { document.getElementById('recnbzljq-240-569301969-place').innerHTML = ''; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}else if ( betterads_screen_width < 768 ) { document.getElementById('recnbzljq-240-569301969-place').innerHTML = ''; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}]]>

Desse modo, é super interessante investir em enraizadores, hormônios e vitaminas disponibilizados no mercado, para estimular o crescimento das raízes.

No entanto, é importante ter conhecimento prévio antes de utilizar esses componentes sintéticos, pois caso eles sejam usados de forma incorreta, causam o efeito inverso e podem até prejudicar a planta e fazer com que a sua orquídea morra.

Caso não sinta segurança em utilizar o adubo, converse ou peça orientação de quem tem experiência com esse tipo de planta.

3. Cuide e evite as pragas

Confira agora mesmo 5 dicas para ter orquídeas com raízes abundantes! É imperdível; vejaConfira agora mesmo 5 dicas para ter orquídeas com raízes abundantes! É imperdível; veja. Foto: Canva Pro

As pragas danificam qualquer planta. Existem as pragas que ficam nas folhas, no caule e na parte mais visível da planta e também os fungos que danificam as raízes.

É preciso observar bem e verificar se a planta não está sendo atacada. Caso esteja, é importante eliminar, seja com produtos próprios ou misturas caseiras.

4. Preste atenção à iluminação

Orquídeas amam uma boa iluminação, mas não devem receber luz direta, ok? A forma como você cultiva a orquídea, vai resultar na forma como as raízes se desenvolvem; então, todos os pontos devem ser bem observados.

5. Ventilação

Para enraizar bastante, uma boa dica é plantar a orquídea de modo que ela fique pendente. Isso vai, portanto, facilitar a ventilação que é super importante para a planta.

Leia ainda: Como plantar rosas em batatas: aprenda essa técnica super interessante agora mesmo

Dúvidas no preparo do adubo orgânico?! Herborista tem dicas sobre o tema e sobre cuidado com plantas

= 728 ) betterads_el_width = [“728”, “90”]; else if ( betterads_el_width >= 468 ) betterads_el_width = [“468”, “60”]; else if ( betterads_el_width >= 336 ) betterads_el_width = [“336”, “280”]; else if ( betterads_el_width >= 300 ) betterads_el_width = [“300”, “250”]; else if ( betterads_el_width >= 250 ) betterads_el_width = [“250”, “250”]; else if ( betterads_el_width >= 200 ) betterads_el_width = [“200”, “200”]; else if ( betterads_el_width >= 180 ) betterads_el_width = [“180”, “150”]; if ( betterads_screen_width >= 1140 ) { document.getElementById(‘recnbzljq-240-507922785-place’).innerHTML = ”; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}else if ( betterads_screen_width >= 1019 && betterads_screen_width < 1140 ) { document.getElementById('recnbzljq-240-507922785-place').innerHTML = ''; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}else if ( betterads_screen_width >= 768 && betterads_screen_width < 1019 ) { document.getElementById('recnbzljq-240-507922785-place').innerHTML = ''; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}else if ( betterads_screen_width < 768 ) { document.getElementById('recnbzljq-240-507922785-place').innerHTML = ''; (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});}]]>

Source

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Previous post Paisagismo: 5 trepadeiras com flores perfeitas para pergolado
Next post Como cultivar a flor camarão amarelo? Dicas e técnicas para